quarta-feira, 2 de abril de 2008

O SIGNIFICADO DO NOME, YESHUA:

O SIGNIFICADO DO NOME יֵשׁוּעַ, YESHUA:


hebraico יֵשׁוּעַ - Yeshua termo hebraico gina-se da raiz YOD, SHIM e AIN (י שׁ ע). E ele tem muitas variantes, dependendo do caso, isto é, se do gênero feminino ou masculino, se singular ou plural, etc.

1) יֵשׁוּעַ - YESHU’A (masculino singular). Deriva-se do verbo SALVAR e significa SALVADOR.

2) יְשׁוּעָה - YESHU’AH (Substantivo feminino singular).
Significa SALVAÇÃO. (Sl. 118:15) – Lexicon – pgs. 354 e 358.

3) יֵשַׁע - YESHA’ – Significa literalmente SALVAÇÃO, mas pode se traduzir também por libertação, redenção, resgate, segurança, ajuda, etc.

4) יְשַׁעְיָהוּ - YESHA’YAHU ou יְשַׁעְיָה - YESHA’YAH – Nome do profeta Isaías.

יְשַׁעְיָהוּ - Yesha’yahu significa “Ele (O Eterno) é a salvação”.

יְשַׁעְיָה - Yesha’Yah significa “Salvação do Eterno.”

5) יְשׁוּעָ - YESHU’A – Significa também “Ele será um salvador, um socorro, um seguro, etc”. Lexicon – pg. 354.

6) יְהוֹשִׁיעַ - YEHOSHIY’A – Significa “Ele salvará”. (Futuro da 3ª pessoa masculino singular), da mesma raiz (ישׁע) - YOD, SHIM e AIN. Lexicon – pg. 300. (I Sa. 17:47; Sl. 116:6).

7) Já o termo יְהוֹשֻׁעַ, YEHOSHU’A é um pronome pessoal que muito embora seja uma contração do Nome do Eterno (יְהוָה) com o verbo salvar. E que apesar de significar “o Eterno é o seu auxílio, socorro, salvação”, segundo o Lexicon tem como raiz as letras HE, VAV e HE (הוֹה), cujo significado é o seguinte:

I- Existir, ser, derivar...
Daí, o Nome de D'us (יְהוָה) O GRANDE EU SOU.

II- Desejo, pedido, vontade...Lexicon - pg. 300.

E isso não esta de conformidade com o que disse um certo anjo de D'us para יוֹסֵף, Yosseph (José), esposo de מִרְיָם, Miryam (Maria), explicando o significado do nome de Yeshua: “Porque ele SALVARÁ o seu povo dos seus pecados”. (Mateus 1:21).

Na realidade יְשׁוּעָ - Yeshu'a é tanto o Salvador, como também יְהוֹשִׁיעַ (Yehoshiy'a - Ele salvará) ou יְהוֹשֻׁעַ (Yehoshu'a), a Salvação do Eterno para toda humanidade, todavia eu prefiro chamá-lo de יֵשׁוּעַ הַמָּשִׁיחַ, YESHU'A HAMASHIYACH, o Salvador Ungido ou como queiram o Messias Salvador.

Fontes de pesquisa:

1) HUZEFF Zlochevsk, “Pequeno Dicionário Português / Hebraico”, Sociedade Cemitério Israelita de S.Paulo, Organização Sionista Tnuat Aliá – Depart. Ensino da FISESP, 1980.

2) Benjamin Davidson, “The Analytical Hebrew and Chal Dee Lexicon”, Samuel Bagster e Sons Ltda, 72 Marylebone Lane, London Wi, 1794, Redrinted, 1967, 1970.

3)“A Tanach”, The Britsh and Foreign Bible Society, London, Printes in Great Britain by Lowe and Brydon (Printers) LTD, London and Theford, 1980.Traduzido por Norman Henry Snaith.

4) HaBriyt HaChadashá. Printed in Great Britain at the University Press, Cambridge, the Society for Distributing the Holy Scriptures to the Jews, 237 Shaftesbury Avenue, London, W.C.2.

5) Dicionário Português - Hebraico e Hebraico - Português, Abraham Hatzamri e Shoshana More-Hatzmri. Editado pela Editora & Livraria SÊFER.

6) R. BARGUR H. Iusim, “Dicionário Básico – Hebraico / Português”, All Rights reserved, Maariv book guild, 2 Karlibach ST., Tel – Aviv, Israel., 1975.

Fonte: Paulo


O Nome Jesus

Vejam esse comentário sobre o nome Jesus, de autor desconhecido:
O nome Jesus é uma adaptação para o Português de um nome hebraico que aparece na Bíblia em duas formas: Yeshua.

O nome Yehoshua foi adaptado para o Português como Josué, e é o nome do auxiliar de Moisés, que após a morte de Moisés, tornou-se o líder do Povo de Israel, e conduziu o povo na conquista da Terra de Canaã.

O nome Yeshua é uma forma abreviada do nome Yehoshua, sendo que um mesmo homem é chamado na Bíblia, ora pelo nome Yehoshua, ora pelo nome Yeshua. Este homem era o sumo sacerdote na época de Zorobabel. No livro do profeta Zacarias, ele é chamado de Yehoshua, que na versão em Português aparece como Josué, e nos livros de Esdras e Neemias, ele é chamado de Yeshua, que na versão em Português aparece como Jesua.

Yehoshua significa Yhwh salva. Yeshua também tem este mesmo significado.
Josué, Jesua e Jesus são o mesmo nome, em três diferentes adaptações para a língua portuguesa.

Os nomes muitas vezes são adaptados para outras línguas, pois existem certos fonemas (sons) que existem em uma certa língua, mas não existem em outras línguas.

Por exemplo: O nome Jacó, é a adaptação para o Português do nome hebraico Ya’acov, sendo que em hebraico existe uma letra, chamada ‘ayin, cujo som não existe na língua portuguesa. Também não existe em Português palavra terminada em consoante que não seja l, m, r, s ou z. Por isso foi necessário fazer uma adaptação do nome Ya’acov para o Português.

O nome hebraico Yochanan, foi adaptado para o Português como João.
O mesmo nome Yochanan, foi adaptado para o grego como Ioanan, para o inglês como John, para o francês como Jean, para o alemão como Johan, e para o italiano como Giovani.

Portanto, vê-se que é normal adaptar-se os nomes próprios de uma língua para outra, mesmo porque, sem esta adaptação se torna muito difícil pronunciar certos nomes.

Principalmente os nomes de pessoas importantes são adaptados para outras línguas. Por exemplo, o reformador alemão Martin Luther é conhecido no Brasil como Martinho Lutero.

O nome Jesus é de origem grega e não hebraica. Esse nome, transliterado para o grego como Iesous, é hebraico e vem de Yeshua" (as aspas representam a letra ayin = h). A forma plena da palavra é Yehoshua", que, como vimos, a partir do Cativeiro, passou a dar lugar, geralmente, à forma abreviada Yeshua". Até o começo do segundo século d.C. Iesous (Yeshua") era um nome muito comum entre os judeus. Na Septuaginta, versão do Antigo Testamento que os judeus fizeram entre os anos 285 e 150 a.C., do hebraico para o grego, o nome Iesous aparece para referir-se tanto a Josué (quatro indivíduos) como aos oito Jesua mencionados em Esdras e Neemias.O Nome do Messias no Original Hebraico e sua Transliteração evwhy = Yehôshuah Foi abreviado para: ewvy = Yeshuah Y = IE = ESH = SU = OUAH = US

O som de "sh" da letra hebraica (shin) é sempre transliterado em grego por um sigma s (a nossa letra "s"). Assim, por exemplo, o hebraico (Moshê) é transliterado em grego por (Moysés), de onde vem a forma latina Moisés. O sigma v no final do nome Iesous é uma característica natural de certos nomes masculinos em grego (indicando o caso nominativo, a forma básica do nome; o mesmo ocorre com o nome Moisés mwshv). Obs: "sh" faz som de "x". Obs: Os sigmas v e s são equivalentes, porém, o primeiro só é usado no final das palavras, enquanto o último pode ser usado no começo e no meio. Yehoshua" termina com o som de ah. Observe-se, primeiro, que o final desta palavra não é ah (qamets seguido de he), mas a" (pathach seguido de ayin; as aspas (") representam o ayin) O a que precede o ayin é um pathach furtivo: Yehoshua". (ver Gramática Hebraica, Guilherme Kerr, # 18.7).Obs: o h em ah não tem som. Ademais, Jesus não se deriva de Yehoshua", mas da forma abreviada Yeshua", como explicado anteriormente (ver, por exemplo, Ed 2.36). Prova Histórica de que o Messias era chamado de Iesous no 1º século da era cristã. Uma fortíssima prova a qual podemos invocar aqui vem da pena do mais famoso historiador judaico - Flávio Josefo. Josefo foi contemporâneo do Mashiach e viveu até 98 d.C.
É considerado um dos melhores historiadores antigos. Falava o hebraico, o latim e o grego. Como Historiador conhecia muito bem a história e os deuses dos povos pagãos como deixa bem claro em sua obra "História do Hebreus". Suas obras sobre o povo judeu é uma preciosidade histórica da vida helênica no primeiro século. Em seu livro, "Antiguidades Judaicas", ele faz algumas referências a Jesus. Em uma delas, ele escreve:


"Por esse tempo apareceu Jesus, um homem sábio, que praticou boas obras e cujas virtudes eram reconhecidas. Muitos judeus e pessoas de outras nações tornaram-se seus discípulos. Pilatos o condenou a ser crucificado e morto. Porém, aqueles que se tornaram seus discípulos pregaram sua doutrina. Eles afirmam que Jesus apareceu a eles três dias após a sua crucificação e que está vivo.


Talvez ele fosse o Messias previsto pelos maravilhosos prognósticos dos profetas" (Josefo, "Antiguidades Judaicas" XVIII,3,2). Em outros lugares Josefo também registra a execução de João Batista (XVIII,7 ,2) e o martírio de Tiago, irmão de Jesus que era "chamado Mashiach" (XX,9,1).


"...Assim reuniu um conselho de juízes, perante o qual trouxe Tiago, irmão de Jesus, que era chamado Mashiach, junto com alguns outros, e, tendo-os acusado de infração à lei, entregou-os para serem apedrejados".


Perceba que Josefo escrevendo sobre o Mashiach e seus seguidores não o chama de Yehoshuah, mas de Iesous, pois Josefo escreveu em grego. Se o nome Iesous fosse pagão, claro que Josefo iria relatar isto neste trecho! Mas o caso é que ele sabia que o nome Iesous não era pagão e Yeshuah podia ser transliterado para Iesous. Ele definitivamente identificou o líder dos cristãos, o Messias, como Iesous ou em bom português - Jesus.

...